CUIDADO COM AS INFORMAÇÕES

234

As redes sociais geram grande volume de informações. Muitas são úteis. Mas o que existe de porcaria nas redes não é brincadeira.

Por isso, não acredite na primeira informação que chegar. A informação tem que ser checada.

Se for assunto ligado à Previdência, acesse o site do Ministério. Se forem dados econômicos, acesse o IBGE ou o Dieese. Se for assunto ligado a plano de saúde, acesse o site do convênio ou da Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS.

Porém, se o tema for sindical, não vacile: procure o Sindicato. Se for boato ligado a alguma empresa do transporte de valores ou da escolta armada, procure também o Sindicato.

A informação correta ajuda, orienta e evita confusão. Mas a informação errada é igual remédio errado: danifica a saúde da pessoa.

Portanto, procure sempre a informação correta.