Acordo coletivo tem muitas cláusulas
benéficas à categoria. Faça valer!

5/4/2018 - quinta-feira

Nosso Sindicato tem uma história de defesa dos direitos e seguidas conquistas para a categoria. Entre elas, estão as Convenções Coletivas negociadas com os representantes patronais da escolta armada e transporte de valores.

Essas Convenções têm, cada uma, um grande número de cláusulas, todas benéficas ao trabalhador. Elas estão acima do patamar da CLT e, mais importante, impedem que a lei trabalhista de Temer avance sobre nossos direitos.

Um exemplo é a Convenção Coletiva da escolta, assinada pelo Sindicato em dezembro. Nela garantimos a manutenção de direitos que a reforma trabalhista derrubou. Entre eles, a proibição do banco de horas.

A nova lei flexibiliza a quitação de horas extras e facilita a implantação do banco de horas, inclusive por negociação individual entre a empresa e o trabalhador. Em nossa categoria banco de horas sempre foi proibido. E continua sendo.

Outras - Além da proibição da prática de banco de horas em todas as empresas, o acordo coletivo assegura outros direitos ao vigilante da escolta armada. Muitos deles não estão previstos na CLT ou na Constituição, como café da manhã, servido diariamente na base operacional; e direito a diária de viagem com café da manhã, almoço, jantar e hospedagem aos vigilantes embarcados.

A Convenção consagra um conjunto de direitos e garantias, que é resultado das lutas, greves, negociações ou demandas judiciais. Leia a íntegra em nosso site.

Exija o seu cumprimento pela empresa e conte com o Sindicato. Sempre!

Informações - Ligue na sede, telefone (11) 3105.2486. Ou procure uma de nossas subsedes no Interior.


Cláusulas de nossa Convenção estão acima do patamar da CLT

 
Leia também
Clique na opção
 
Mande um e-mail para os diretores
 
Rua Francisca Miquelina, 98, Bela Vista, São Paulo. Telefone (11) 3105.2486. E-mail: sindforte@sindforte.org.br